A intervenção urbana é uma forma de arte cujo objetivo é interagir, de maneira criativa e poética, com o espaço cotidiano e as pessoas. As intervenções são capazes de reinventar, ainda que momentaneamente, novos sentidos ao espaço escolhido e suscitar novas percepções às pessoas.

23.8.16

Encerramento de atividades


É com carinho e respeito a todos os parceiros de trabalho e público que nos acompanharam durante a trajetória de sete anos do Coletivo PI que informamos que o grupo encerra suas atividades. 


Foram anos de muita criação, descobertas e reflexões sobre arte e cidade, as maneiras de criar relações de diálogo e afetividade nas áreas públicas. Todas essas experiências geraram nossas obras que marcaram não só os espaços e o público, mas a existência de cada um de nós enquanto artistas e pessoas. 

Agradecemos a todos que cruzaram nosso caminho, contribuindo para consolidação de nossa Arte e fomentando o prazer e a vontade de criar. O Coletivo PI agora segue como memória e experiência no repertório de cada um de nós, e estamos certos que isso ressoará nas escolhas e novos rumos.

A nossa página será desativada, mas o blog permanecerá para acesso ao nosso histórico e trabalhos. 

E agora é hora de cada um caminhar por novas estradas, derivas, encontrando novos parceiros e tendo a certeza de que esses sete anos foram de dedicação, amor e muitas descobertas, revelando as belezas da cidade e o quanto temos que criar espaços de alteridade... Então, caminhemos!


No entanto, cabe a nós pensar como dar um novo significado 
às nossas cidades, um significado que transponha o prosaico objetivo 
do cumprimento de nossas obrigações do dia-a dia (...) 
A reconciliação entre o cosmo e a terra, o sacro e o mundano, 
a cidade e a natureza, os cidadãos e as suas instituições, 
e entre seus próprios cidadãos.

(Fernando Diniz Moreira. Prefácio do livro "A ideia de cidade")


Entre Saltos. Jardim Itatinga, Campinas/SP, 2014. 
Foto do nosso eternamente querido parceiro Rodrigo Dionísio.